Bahia perde para o Botafogo no Rio | Com vídeo - O BahiaNaRede

Post Top Ad

Post Top Ad

quinta-feira, 2 de maio de 2019

Bahia perde para o Botafogo no Rio | Com vídeo

Na noite desta quinta (2) o Bahia perdeu para o Botafogo por 3 a 2, jogando no estádio Nilton Santos, pela segunda rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

O Bahia perdeu para o Botafogo por 3 a 2, no Nilton Santos.
Da redação com informações do ECB
Colaboração de foto: Vitor Silva/BFR

Os gols da partida foram marcados por Erik, João Paulo e Cícero, para o Botafogo, descontado por Arthur Caíke e Ernando para o Bahia. Com o resultado, o time baiano permaneceu com três pontos, ocupando a nona posição na tabela de classificação. A próxima partida será contra o Havaí, no Domingo, às 19 horas, na Fonte Nova.

O primeiro tempo começou e o Bahia não demorou para abrir o placar. Logo aos seis minutos, Moisés cruzou rasteiro da esquerda e Arthur Caíke, de carrinho, mandou a bola para dentro do gol adversário. Com o placar favorável, o Tricolor teve chance de fazer o segundo. Aos 19, Nino Paraíba fez bela jogada pela direita e cruzou na área. Arthur Caíke ganhou no alto, mas cabeceou para fora.

Moisés cruzou rasteiro da esquerda e Arthur Caíke marcar.
Depois dessas duas chances, o time carioca conseguiu empatar aos 29. Após um escanteio, Joel Carli cabeceou para a área e Erik igualar o marcador. A virada carioca não demorou a sair. Aos 35, Gilson cruzou na área e João Paulo fez o segundo gol do Botafogo. No fim da primeira etapa, a equipe alvinegra ainda fez o terceiro com Cícero.

Na volta do intervalo, o técnico Roger Machado tirou o meio-campista Eric Ramires e colocou o atacante Rogério. Aos 16 minutos a segunda substituição: Fernandão deu lugar a Gilberto e o camisa 9 quase marcou. Após boa jogada de Moisés pela esquerda, o lateral cruzou, o atacante bateu de primeira rasteiro e a bola passou rente a trave.

Aos 24, Roger fez a última alteração no time. Arthur Caíke saiu substituído por Shaylon. O Esquadrão ainda conseguiu diminuir o placar com Ernando, após bom cruzamento de Shaylon na área.

Jogadores lamentam derrota

Lucas Fonseca afirmou que o Bahia não pode errar no Brasileiro. 
Após a derrota, o zagueiro Ernando, autor do segundo gol do Tricolor, lamentou a equipe ter levado o empate em uma bola parada, jogada tão alertada pelo técnico Roger Machado. “Nós sabíamos que o Botafogo tem uma média de gols feitos muito alta de bola parada. Conseguimos abrir o placar muito cedo e mesmo assim sabendo dessa força ofensiva aérea que eles têm, tomamos o gol de empate de uma jogada aérea. Depois tivemos alguns erros capitais. Não poderíamos ter tomado os outros dois gols tão rápido. Mas pelo segundo tempo, que a equipe voltou mais aguerrida, com uma boa movimentação, com um bom toque de bola, ainda consegui fazer o segundo gol. Acho que valeu o espírito de luta. O Campeonato Brasileiro é muito difícil. Fizemos um bom jogo em casa contra o Corinthians e hoje alteramos bons e maus momentos. Já temos um jogo domingo. Vamos ver o que erramos hoje, para tentar conquistar o triunfo em casa”, disse.

Já o capitão Lucas Fonseca endossou o discurso do seu companheiro de zaga. Para o defensor, o Tricolor não pode errar dessa forma no Campeonato Brasileiro. “Não digo que foi apagão. Professor Roger atentou a gente pelas qualidades deles, para os pontos positivos. A gente foi infeliz em alguns lances. A gente foi alertado pelo treinador. Futebol é isso aí. Temos que parabenizar o time deles. A gente sabe que não pode ter erro desse na Série A. Temos que nos cobrar agora. Pensar em domingo, jogo contra o Avaí”, falou.


Botafogo 3 X 2 Bahia - 2ª rodada do Campeonato Brasileiro
Árbitro:  Luiz Flávio de Oliveira (FIFA-SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Anderson José de Moraes Coelho (ambos de SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral, com auxílio de Vinicius Furlan e Bruno Salgado Rizo (SP)
Cartões amarelos: Rodrigo Pimpão, Gilson e Gatito Fernandez (Botafogo)
Gols: Erik, João Paulo e Cícero (Botafogo) / Arthur Caíke (Bahia)
Botafogo: Gatito Fernández; Marcinho, Carli, Gabriel e Gilson; Gustavo Bochecha, João Paulo e Cícero (Luiz Fernando); Erik (Alex Santana), Rodrigo Pimpão (Leo Valencia) e Diego Souza. Técnico: Eduardo Barroca.
Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Ernando, Lucas Fonseca e Moisés; Gregore e Elton; Artur, Eric Ramires (Rogério) e Arthur Caíke (Shaylon); Fernandão (Gilberto). Técnico: Roger Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad