Bahia inicia temporada e apresenta mais dois | Com vídeo - O BahiaNaRede

Post Top Ad

Post Top Ad

quinta-feira, 3 de janeiro de 2019

Bahia inicia temporada e apresenta mais dois | Com vídeo

Após um mês de férias, os jogadores do Bahia voltaram ao trabalho, na tarde desta quinta (3), já com a presença do lateral direito Matheus Silva e do meia-atacante Guilherme que foram apresentados para a imprensa.

Após um mês de férias, os jogadores do Bahia voltaram ao trabalho.
Da redação com informações do ECB
Colaboração de foto: Felipe Oliveira/ECB

O ex-meia do São Paulo, Shaylon, 20 anos, também estava presente na apresentação, apesar de ainda não ter sido anunciado oficialmente. Antes dos jogadores iniciaram as atividades da temporada 2019, tiveram uma conversa com o presidente Guilherme Bellintani e outros membros da diretoria. Este ano, a equipe disputará o Campeonato Baiano, Copa do Nordeste, Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro e Copa Sul-Americana. A primeira partida do ano será 16 de janeiro, contra o CRB, na Fonte Nova, pela Copa do Nordeste.

O lateral Matheus Silva, novo reforço, tem 21 anos.
No primeiro dia de trabalho, o grupo passou por todos os setores de saúde do clube, sendo avaliados por médicos, fisioterapeutas, fisiologistas, nutricionistas e odontólogos. Os novos contratados Guilherme, Iago, Matheus Silva e Rogério participaram normalmente das atividades e fizeram avaliações físicas e médicas, assim como o meia-atacante Shaylon que ainda não foi anunciado.

O Jovem lateral direito Matheus Silva, um dos novos reforços do time, apresentado nesta quinta, tem 21 anos, é natural de Marituba (PA), tem 1,82 m e o seu contrato o Bahia vai até o final de 2020. Ele se destacou pelo Paysandu, na última Série B do Campeonato Brasileiro. Foi revelado pela Desportiva Paraense, time no qual foi companheiro do meia-atacante Marco Antônio, na equipe do interior do Pará. Na base, atuava como ponta e migrou para a lateral quando se tornou profissional.


O meia-atacante Guilherme faz exames.
O outro apresentado do dia foi o meia-atacante Guilherme Milhomem Gusmão, atleta de 30 anos, 1,74 m que pertence ao Corinthians, mas atuou nos últimos dois anos no Atlético (PR). O contrato vai até o final de 2019, com opção de renovação por mais uma temporada. Revelado pelo Cruzeiro, o maranhense Guilherme  chegou a titular do time mineiro aos 19 anos, foi vendido para o Dinamo de Kiev, da Ucrânia, em 2009, retornando ao Brasil em 2011 para atuar no rival Atlético (MG).

No Galo, ficou até 2015, conquistando a Taça Libertadores da América 2013, a Copa do Brasil 2014 e a Recopa Sul-Americana 2015. Em 2016, foi contratado pelo Corinthians, sendo emprestado na sequência ao Atlético (PR). Em 41 jogos entre 2017 e 2018 pela equipe paranaense, marcou 8 gols e deu 8 assistências. O experiente jogador terá responsabilidade dobrada porque chega para atuar como protagonista, num setor do campo em que o Bahia perdeu três atletas no ano passado que eram ídolos da torcida, Zé Rafael, Vinícius e Regis.



Luiz Sapucaia fala sobre início dos treinos

No primeiro dia de trabalho, o médico Luiz Sapucaia concedeu entrevista para falar sobre o planejamento e detalhes da pré-temporada. Até a estreia, o time terá, apenas, 13 dias de preparação entre trabalhos físicos e técnicos. Este período, apesar de pequeno, será de extrema importância para o desenvolvimento dos atletas no decorrer do ano, segundo Sapucaia.


O médico Luiz Sapucaia concedeu entrevista coletiva.
Entrevista com Luiz Sapucaia:


“A pré-temporada é extremamente importante para que a gente tenha cuidado. Porque se a gente não trabalha muito, é prejudicado. Se trabalha muito, também é prejudicado. É preciso achar um ponto de equilíbrio, usar bem o plantel. Temos um plantel largo esse ano, graças a Deus. Para que a gente possa trabalhar com esses atletas”, disse.

Outro tema da entrevista coletiva foi a situação do meia Marco Antônio que, durante 2018, sofreu uma lesão no pé e desfalcou o time na reta final das competições. O médico tranquilizou os tricolores e garantiu que o atleta participará normalmente das atividades de pré-temporada.

“Marco Antônio estava em condições e jogo no fim da última temporada, estava apto. Infelizmente a condição física não atendia o que a gente necessitava no fim do ano. Permaneceu nesses 30 dias fazendo cardiorrespiratório”, contou.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad