Bahia perde para o Palmeiras na Allianz Arena - O BahiaNaRede

Post Top Ad

Post Top Ad

domingo, 20 de maio de 2018

Bahia perde para o Palmeiras na Allianz Arena

A noite deste sábado (19), jogando na Allianz Arena, em duelo válido pela sexta rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, o Bahia perdeu para o Palmeiras por 3 a 0, permanecendo por mais uma rodada da zona de rebaixamento.

Mais uma vez, o Bahia abusou de perder gols.
Da redação com informações do ECB
Colaboração de foto: Cesar Greco/SEP

Todos os gols da equipe paulista foram marcados no primeiro tempo, através de William, Antônio Carlos e Borja. Com o resultado, o Bahia permaneceu co 5 pontos, ocupando a 17ª colocação, mas pode perder mais uma posição até o final da rodada. A próxima partida será na quarta (23), às 21h45, na Fonte Nova, contra o Blooming (BOL) pela Copa Sul-Americana. Para avançar é necessário derrotar o time boliviano por dois gols de diferença ou, se ganhar por 1 a 0, levar a decisão da vaga para os pênaltis. O jogo seguinte pelo Brasileirão será apenas no domingo (27), às 16 horas, também na Fonte Nova, contra o Vasco da Gama.

O atacante Keno deu trabalho à defesa do Bahia.
O Bahia levou um gol muito rápido, logo aos 3 minutos. Borja recebeu passe na grande área, driblou um zagueiro e tocou para trás, onde estava William que só empurrou para o fundo da meta do goleiro Douglas. Apesar do gol sofrido, o Bahia reagiu com duas boas oportunidades. Primeiro, depois de cruzamento da esquerda, o zagueiro Lucas Fonseca apareceu no meio da grande área e finalizou no travessão.

Depois foi a vez de Zé Rafael produzir uma jogada individual, entrar na área, mas o arremate parou nas mãos do arqueiro da equipe paulista. Não fez, tomou. O Palmeiras, aos 33, cobrou escanteio rápido e o zagueiro Antônio Carlos, dentro da pequena área, ampliou.

O time da casa fez o terceiro gol com o atacante Borja.
O primeiro gol do Bahia quase saiu no minuto seguinte, no entanto, a bola pegou na rede do lado de fora. Júnior Brumado fez o pivô, encontrou Vinicius dentro da área, que ajeitou para o companheiro Zé Rafael. O camisa 11 bateu de esquerda, mas a bola subiu um pouco acima do planejado e não entrou. No fim da primeira etapa, o time da casa fez o terceiro gol com o atacante Borja.

Segundo tempo

No segundo tempo, em ampla desvantagem, o Tricolor conseguiu ter maior posse de bola, no entanto, isso não foi transformado em grandes oportunidades. Vinicius e Zé Rafael até que tentaram, de longe, mas o goleiro Jailson defendeu os dois arremates. Em um mesmo lance, aos 38 minutos, Elber finalizou e Jailson fez grande defesa. O lance seguiu e Zé Rafael, um pouco sem ângulo, chutou e outra vez o arqueiro palmeirense espalmou.

Aos 40, em cobrança de escanteio, Everson cabeceou forte e acertou o travessão. O atacante Edigar Junio sentiu desconforto na coxa durante o aquecimento, enquanto o goleiro Douglas deixou o campo com incômodo no músculo adutor da coxa esquerda.

O treinador Guto Ferreira, em entrevista coletiva à imprensa, respondeu diversos questionamentos sobre o nível de desempenho do time na derrota sofrida no Allianz Arena. O comandante, inclusive, lamentou o fato de ter tomado um gol tão rápido. O que, para ele, mexeu bastante com o quesito emocional dos jogadores.

Guto Ferreira achou o resultado ruim.
“De fato, foi um resultado ruim, sem falar que levar um gol muito cedo prejudica bastante toda ideia do jogo. O time buscou, antes de levar o segundo gol, criou situações e não chegou ao empate. Sofremos o segundo gol, em um momento de falta de concentração, e mesmo assim criamos outra oportunidade. O Palmeiras, quando chegou, mostrou qualidade e competência”, disse.

Minutos antes da bola rolar, após o aquecimento no gramado, o técnico foi obrigado a fazer uma modificação. O atacante Edigar Junio sentiu um desconforto na coxa e foi substituído por Júnior Brumado, o que para Guto Ferreira também prejudicou o time.

“Edigar Junio é nosso homem-gol. Ele um jogador rápido, experiente, e logicamente nos fez falta. E, no segundo tempo, quando tirei Brumado, também foi já pensando em não correr o risco de comprometer o garoto, já que teremos dois jogos muito importantes pela frente contra Blooming e Vasco”, contou.


Palmeiras 3 X 0 Bahia - 6ª rodada da Campeonato Brasileiro
Árbitro: Rafael Traci (CBF-PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Rafael Trombeta (ambos do PR)
Cartões amarelos: Borja, Lucas Lima e Antônio Carlos (Palmeiras); Lucas Fonseca, Gregore  e Júnior Brumado (Bahia)
Gols: Willian; Antônio Carlos e Borja (Palmeiras)
Palmeiras: Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo (Thiago Santos), Bruno Henrique e Lucas Lima; Willian, Keno (Guerra) e Borja (Hyoran). Técnico: Roger Machado
Bahia: Douglas (Anderson); Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Tiago e Léo; Edson; Élber, Gregore, Vinícius e Zé Rafael; Júnior Brumado (Régis). Técnico: Guto Ferreira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad