Bahia vence Flu e mantém 100% em casa | Com vídeo - O BahiaNaRede

Post Top Ad

Post Top Ad

segunda-feira, 27 de maio de 2019

Bahia vence Flu e mantém 100% em casa | Com vídeo

Num jogo franco e no qual os mais 21 mil tricolores presentes na Fonte Nova jogaram com o time, o Bahia conseguiu um grande triunfo contra o Fluminense, na noite deste domingo (26).

Gilberto marcou dois no triunfo do Bahia sobre o Fluminenese.
Da redação com informações do ECB
Colaboração de foto: Felipe Oliveira/ECB

Com dois gols de Gilberto e um de Artur, o Bahia venceu o Fluminense do Rio de Janeiro por 3 a 2, avançando para a 8ª posição na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, com 10 pontos. O próximo compromisso da equipe no torneio será no sábado (1), contra o Grêmio, no Estádio de Pituaçu. Antes disso, o Bahia dá uma pausa no Brasileirão e volta suas atenções para a Copa do Brasil. Nesta quarta (29), recebe o São Paulo na Fonte Nova, valendo uma vaga nas quartas de final da competição. No duelo de ida, venceu por 1 a 0, no Morumbi.

Em campo, assim que o juiz deu o apito inicial na Fonte Nova, Bahia e Fluminense começaram uma bem jogada partida de xadrez. O time carioca valorizava a posse de bola, trocando passes desde sua defesa, mesmo com o Bahia adiantando suas linhas e marcando por pressão, tentando chegar na velocidade de sua transição.

Coloque o mouse sobre a foto e confira o Slide Show:
Bahia x Fluminense-RJ - Brasileiro A 2019 por Felipe Oliveira

Artur chutou rasteiro e cruzado, no canto pra marcar.
Inda que o jogo estivesse bem movimentado, a primeira chance de gol só surgiu aos 15 minutos e ela foi fatal. Em contra-ataque, Arthur Caíke arrancou em velocidade pelo meio e serviu a Artur na esquerda, que avançou e chutou rasteiro e cruzado, no cantinho do goleiro. Contudo, mal deu tempo de o Bahia se acostumar com a vantagem no placar. Aos 18, em cobrança de pênalti, Pedro deixou tudo igual na Fonte Nova.

Depois dos gols, o duelo voltou para o mesmo ritmo de antes, e que só foi quebrado aos 29 minutos, quando o Bahia voltou a ficar na frente no marcador. Em lance que se ensaiava desde o início, o goleiro Agenor falhou ao tentar driblar Gilberto na pequena área. A bola sobrou limpa para o centroavante só empurrá-la para o gol e fazer 2 a 1, para delírio da torcida, que celebrou a vantagem até o fim do primeiro tempo.

Segundo tempo

Gilberto bateu o pênalti duas vezes para marcar o terceiro.
A etapa final começou com o mesmo panorama, quase sem lances perigosos, até que aos 10 minutos, num cruzamento de Nino da linha de fundo, a bola tocou na mão do defensor do Fluminense, e com auxílio do árbitro de vídeo o pênalti foi marcado para o Bahia. Na cobrança, Gilberto perdeu, mas novamente com a ajuda do VAR, o juiz mandou repetir o lance porque o goleiro se adiantou, levando ainda seu segundo amarelo na partida, sendo expulso. Na segunda oportunidade, já aos 23, Gilberto fez 3 a 1, e praticamente selava o triunfo.

A equipe carioca, mesmo com um a menos, não se entregou, e tocando a bola rondava a área do Bahia. Entretanto, só chegava com perigo em lances de bola parada. E foi numa falta da entrada da área, aos 34, que Ganso cobrou rasteiro e com força, Douglas espalmou e, no rebote, João Pedro diminuiu a vantagem. Empolgado com o tento, o Fluminense partiu para cima e tentou sufocar o Bahia, que recuou para tentar contra-ataques, sem sucesso.

Apesar da tensão na Fonte Nova, o time carioca não conseguia penetrar na área do Bahia, que segurou o resultado com raça e conseguiu seu terceiro triunfos em três jogos como mandante no Brasileirão.


Bahia 3 X 2 Fluminense - 6ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG)
Auxiliares: Sidmar dos Santos Meurer e Celso Luiz da Silva (ambos de MG)
VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG), auxiliado por Vinicius Gonçalves Dias Araujo e Daniel Paulo Ziolli (ambos de SP).
Cartões amarelos: Artur, Moisés (Bahia) / Yuri, Agenor, duas vezes, Nino (Fluminense)
Cartão vermelho: Agenor (Fluminense)
Gols: Artur, Gilberto, duas vezes (Bahia) / Pedro, João Pedro (Fluminense)
Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Ernando, Lucas Fonseca e Moisés; Gregore e Douglas Augusto; Eric Ramires (Elton), Artur e Arthur Caíke (Élber); Gilberto (Fernandão). Técnico: Roger Machado.
Fluminense: Agenor; Gilberto, Nino, Matheus Ferraz e Caio Henrique; Yuri (Marcos Paulo), Daniel e Léo Arthur (Paulo Henrique Ganso); Yony González, João Pedro e Pedro (Rodolfo). Técnico: Fernando Diniz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad