Bahia vai de misto quente contra Bahia de Feira - O BahiaNaRede

Post Top Ad

Post Top Ad

terça-feira, 29 de janeiro de 2019

Bahia vai de misto quente contra Bahia de Feira

Misturando o Sub-23 com reservas do elenco principal, o Bahia enfrenta o Bahia de Feira, pela terceira rodada Campeonato Baiano, na noite desta quarta (30), às 20h30, na Fonte Nova.

Anderson fará a sua primeira partida como titular na temporada 2019.
Da redação com informações do ECB
Colaboração de foto: Felipe Oliveira/ECB

O Bahia deve começar a partida com Anderson; Matheus Silva, Ernando, Ignácio e Paulinho; Douglas Augusto e Luís Fernando;  Clayton, Shaylon e Elber; Junior Brumado. Na tarde desta terça, o treinador Enderson Moreira finalizou a preparação com uma atividade com bola. Os atletas que atuaram mais de 45 minutos na partida diante do Santa Cruz, em Pernambuco, tiveram uma programação diferente, com exceção do goleiro Douglas e o volante Flávio.

O volante Douglas fará sua estreia no Bahia contra o Bahia de Feira.
Eles fizeram um longo treino na sala de musculação e finalizaram o turno com uma rápida atividade técnica em campo reduzido, que contou com a presença de Fernandão. Os outros jogadores, desde 8h30, desceram para o campo 1 do Fazendão e ficaram sob comando de Enderson Moreira. O treinador orientou o grupo durante uma longa atividade tática e depois, em uma das metas, ele aprimorou os lances de bola parada. Flávio e Douglas participaram normalmente deste período de exercícios.


Coloque o mouse sobre a foto e confira o Slide Show:
Treino no Fazendão em 29-01-2019 por Felipe Oliveira

Coletiva com Anderson:

O goleiro Anderson terá a sua primeira oportunidade de começar uma partida oficial na temporada de 2019. Ele, nesta terça-feira (29), foi quem sentou na cadeira da sala de imprensa e falou sobre a expectativa para o jogo desta quarta (30), na Fonte Nova, diante da equipe do Bahia de Feira. “O Enderson fala que não tem titular. Por isso que ele está rodando a equipe. Isso aí a gente tem que respeitar a equipe do Bahia de Feira, jogar bem e botar um trevo na cabeça dele. É isso que ele gosta, ganha bem para não dormir [risos]. Tem que jogar bem, e ele pensar em quem vai colocar no Ba-Vi”, respondeu.

Anderson, como de costume, aproveitou o final da atividade desta terça e treinou cobranças de faltas. Na coletiva ele também comentou sobre essa novidade: “Treino bastante. Sempre que os caras treinam deixo eles baterem primeiro. O Shaylon, Flávio, Guilherme. Depois vou ali e bato. A gente vai se aprimorando. O futebol exige o goleiro ser técnico, batendo falta, saindo jogando. O futebol está evoluindo”, disse.

Com o planejamento adotado pelo clube, abrindo espaço para utilização de quase todo elenco profissional, quase todos os atletas já tiveram ou terão uma oportunidade de atuar no primeiro semestre. Anderson, um dos mais experientes do grupo, gosta da ideia e revelou o teor das conversas com atletas mais novos.

“Digo para os mais novos que toda vez que visto a camisa do Bahia é como um aniversário, uma honra para mim. Falei para eles que lembro quando vim aqui há quatro temporadas, que falei que ia fazer três meses, mas parecia que tinha quatro anos. Fiz e quero fazer mais. E isso se faz com jogos”, concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad