Bahia e Cruzeiro empatam na despedida de Zé Rafael | Com vídeo - O BahiaNaRede

Post Top Ad

Post Top Ad

domingo, 2 de dezembro de 2018

Bahia e Cruzeiro empatam na despedida de Zé Rafael | Com vídeo

Em sua despedida da temporada, o Bahia ficou apenas em um empate em 0 a 0 com o Cruzeiro, na tarde deste domingo (2), no Estádio Roberto Santos, em Pituaçu, pela 38ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

O ídolo da torcida, Zé Rafael saiu emocionado de campo ao ser substituído.
Da redação com informações do ECB
Colaboração de foto: Felipe Oliveira/ECB

Mesmo assim, o duelo foi de festa, marcado por um emocionante adeus ao ídolo Zé Rafael, vendido ao Palmeiras durante a última semana. Foram 28 mil tricolores no estádio aplaudindo de pé ao craque, substituído aos 18 minutos do 2º tempo. Com o resultado, Bahia fechou o Brasileirão com 48 pontos na tabela, na 11ª posição, melhor colocação do clube na história do campeonato de pontos corridos, lugar que também garante a equipe na Copa Sul-Americana de 2019.

Léo Pelé, também, fez última partida pelo Bahia.
Em campo, apesar de não disputarem mais nada, o Bahia e o Cruzeiro fizeram uma partida franca e disputada. O time mineiro começou melhor e até mandou uma bola na trave do goleiro Anderson, aos 11 minutos, com Sassá. Em seguida, contudo, foi a vez do Bahia passar a dar as cartas no duelo, com uma blitz que resultou em duas grandes chances de abrir o placar, primeiro com Nilton, aos 13, chutando livre de dentro da área, mas para fora, e depois com Edigar Junio, aos 14, cabeceado mal um cruzamento perfeito de Léo.

Até o fim da etapa inicial, as duas equipes tiveram chances em bons ataques, em um duelo aberto, mas ambos sem criar uma jogada de real perigo.

Segundo tempo

No 2º tempo, o panorama não mudou muito e cada time teve uma ótima oportunidade de sair de campo com o triunfo. A do Tricolor, aos 17, esteve nos pés justamente do artilheiro Gilberto, que recebeu de calcanhar de Zé Rafael, livre na área, mas errou o domínio e perdeu a bola. A chance do Cruzeiro coube a Sassá, aos 26, que ficou cara a cara com Anderson, mas viu o goleiro do Tricolor crescer na saída de bola, salvando a meta do Bahia, que pela 13ª vez em 38 rodadas fechou uma partida sem sofrer gols.


Bahia 0 X 0 Cruzeiro – 38ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Assistentes: Luiz Claudio Regazone e Thiago Henrique Neto Correa (RJ)
Assistentes adicionais: Philip Georg Bennett e Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Cartões amarelos: Elton, Flávio, Douglas Grolli e Luiz Henrique (Bahia) / Manoel (Cruzeiro)
Bahia: Anderson; Flávio, Douglas Grolli, Lucas Fonseca e Léo; Nilton e Elton; Edigar Junio (Clayton), Ramires (Luiz Henrique) e Zé Rafael (Vinícius); Gilberto. Técnico: Enderson Moreira.
Cruzeiro: Rafael; Ezequiel, Manoel, Cacá e Patrick Brey; Lucas Romero, Lucas Silva e Ederson; David (Alejandro), Raniel e Sassá (Laércio). Técnico: Sidnei Lobo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad