Bahia vence Ceará por 2 a 1 com gol no final | Com vídeo - O BahiaNaRede

Post Top Ad

Post Top Ad

quinta-feira, 15 de novembro de 2018

Bahia vence Ceará por 2 a 1 com gol no final | Com vídeo

A estrela Bahia voltou a brilhar na Fonte Nova e depois de uma partida ‘amarrada’, na qual saiu perdendo com um gol logo no início do 1º tempo, conseguiu arrancar sua primeira virada neste Campeonato Brasileiro, aos 47 do 2º tempo, para vencer o Ceará por 2 a 1, na noite desta quarta (14).

Edigar Junio fez o gol do triunfo, aos 47 do segundo tempo.
Da redação com informações do ECB
Colaboração de foto: Felipe Oliveira/ECB

O resultado leva a equipe baiana a 44 pontos na tabela, na 10ª posição, faltando ainda os jogos desta quinta (15) para o encerramento da 34ª rodada da competição. O time volta a campo neste sábado, quando viaja para enfrentar o Atlético (MG), em Belo Horizonte.

O Bahia começou o jogo tocando a bola com paciência, rondando a área do Ceará em busca de um lance mais agudo, mas no primeiro contra-ataque que cedeu, sofreu o gol do adversário, logo a 7 minutos. No lance, a bola desvia em Léo após cruzamento da direitaa, encobrindo Douglas, que não pôde fazer nada e só viu Calyson concluir no segundo pau, embaixo do travessão.

Zé Rafael, de cabeça, fez o gol do empate
O gol não desanimou o Bahia que, apesar da dificuldade em furar a retranca do Ceará, tinha o incentivo da torcida e passou a chegar com mais perigo, sobretudo pelo lado esquerdo. Aos 13, quase sem ângulo, Edigar Junio chutou da pequena área, pelo lado de fora da rede. Aos 18, foi a vez do atacante servir Ramires, que chutou cruzado e alto, obrigando Éverson a fazer grande defesa e mandar para escanteio.

O empate amadurecia a cada nova investida. Aos 24, após falta cobrada por Ramires, Douglas Grolli tentou de carrinho, mas a bola foi no meio do gol, nas mãos do goleiro. Aos 25, Edigar Junio tentou de bicicleta, encobriu Éverson e quase que o gol sai na confusão formada na pequena área.

O Bahia insistia, mas por pouco não foi castigado aos 37, quando Calyson obrigou Douglas a fazer grande defesa em chute da entrada da área. O esforço, contudo, foi recompensado aos 43. Depois de ótima troca de bola na intermediária, Élton cruzou da direita para Zé Rafael, de cabeça, fazer o gol do empate, 1 a 1.

Segundo tempo

Na etapa final, o Ceará voltou mais recuado e o Bahia teve ainda mais problemas para superar a retranca, mesmo que não fosse ameaçado pelo adversário. Manteve a bola nos pés, trocou passes na intermediária, mas não conseguiu uma jogada aguda sequer.


Edigar Junio fez o dele de letra.
A exceção ficou por uma ótima tabela de Paulinho (que entrou no lugar de Léo) na entrada da área. Ele acabou o lance cara a cara com Éverson, mas o goleiro do Ceará fez ótima defesa. A partida já caminhava para um injusto empate, mas a estrela Tricolor voltou a brilhar na Fonte Nova em 2018. Aos 47, com o time todo no ataque, Lucas Fonseca deu ótima passe para Bruno, que invadiu a área e cruzou rasteiro para Edigar Junio, que de letra, rolou a bola mansamente para o fundo da meta. Golaço e explosão de alegria no estádio.


Bahia 2 X 1 Ceará – 34ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
Árbitro:  Raphael Claus (Fifa/SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Rogerio Pablos Zanardo (ambos de SP)
Assistentes adicionais: Thiago Duarte Peixoto e Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (ambos de SP)
Cartões amarelos: Elton, Lucas Fonseca (Bahia) / Ricardinho (Ceará)
Gols: Zé Rafael e Edigar Junio (Bahia) / Calyson (Ceará)
Bahia: Douglas; Bruno, Douglas Grolli (Jackson), Lucas Fonseca e Léo (Paulinho); Gregore e Elton; Elber, Ramires e Zé Rafael (Vinicius); Edigar Junio. Técnico: Enderson Moreira.
Ceará: Everson; Samuel Xavier (Fabinho), Valdo, Luiz Otávio e João Lucas; Edinho, Richardson e Ricardinho (Arnaldo); Calyson (Pedro Ken), Arthur e Leandro Carvalho. Técnico: Lisca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad