Bahia fica apenas no empate contra Coritiba | Com vídeo - O BahiaNaRede

Post Top Ad

Post Top Ad

domingo, 1 de outubro de 2017

Bahia fica apenas no empate contra Coritiba | Com vídeo

Mais uma vez, a torcida do Bahia saiu frustrada da Fonte Nova na tarde deste sábado (30), quando o Bahia recebeu o Coritiba e ficou apenas no empate por 1 a 1 pela 26ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

Zé Rafael fez o gol do Bahia mas não gostou do resultado.
Da redação com informações do ECB
Colaboração de foto: Felipe Oliveira/ECB

O Bahia saiu na frente com gol de Zé Rafael, enquanto Rildo, na etapa final, empatou. Com o resultado, o tricolor baiano passa a somar 31 pontos, ocupando, momentaneamente, a 11ª posição, mas não conseguiu a tão sonhada fuga da "zona da confusão", devendo perder algumas casas até o final da rodada. Devido aos jogos da seleção, contra Bolívia e Chile, a Série A só voltará a ter jogos nos dias 11 e 12 de outubro. E será na quinta (12), às 21 horas, que o Bahia enfrenta o Palmeiras, no Pacaembu.

Bahia x Coritiba - Brasileiro A 2017 por Felipe Oliveira
Os primeiros 20 minutos da partida não agradaram a nenhum dos dois torcedores. No minuto seguinte, pelo lado esquerdo, Mendoza abriu o jogo para Rodrigão, que entrou na área, tocou para trás, mas a defesa adversária cortou. Logo em seguida, Juninho e Edson, de fora da área, tentaram levar perigo, mas os chutes passaram por cima da meta, sem grande susto.

Aos 28, o primeiro grande lance do Tricolor. Juninho cobrou escanteio e Rodrigão, de cabeça, exigiu linda defesa de Wilson. O gol do Bahia saiu no último lance da etapa inicial. O zagueiro Werley, vascilou ao recuar de peito, errou o passe e Zé Rafael, após trombar com Wilson, tocou de cabeça para o fundo da meta.

Segundo tempo

O atacante Rildo marcou o gol de empate do Coritiba.
O jogo reiniciou e, aos 4 inutos, em lançamento longo, Tiago achou o atacante Mendoza. O colombiano entra na área, mas adianta demais e o goleiro Wilson segura. O camisa 17 seria protagonista outra vez, aos 9 minutos. Zé Rafael trocou passes com Rodrigão e tocou para Mendoza, que encheu o pé e acertou a trave.

O gol de empate do Coritiba saiu aos 18 minutos, após cruzamento, a bola cruzou toda a área, mas Rildo alcançou e deixou tudo igual. O Bahia esteve próximo do segundo gol aos 28 minutos. Juninho Capixaba avança pela esquerda, toca rasteiro, mas Rodrigão não consegue desviar para o gol. Juninho, aos 32, tentou em cobrança de falta e mandou por cima da meta.

Depois do apito final do árbitro Péricles Bassols, os jogadores do Bahia tentaram explicar mais um mal resultado. O atacante Edigar Junio, que entrou no decorrer da etapa final, lamentou não ter conseguido segurar os três pontos. “Foi um resultado lamentável. Poderíamos ter segurado o resultado, até feito outro gol, mas não foi o que aconteceu”, disse.

Tiago levou o terceiro amarelo e não enfrenta Palmeiras.
Capitão da equipe, o zagueiro Tiago também reconheceu que o Bahia não fez uma boa partida. “Saímos na frente do placar e não jogamos bem. Ficou muito complicado. Para ganhar jogos assim, nós precisamos ter 100% de intensidade durante os 90 minutos. Não pode vacilar um minuto sequer”, disse. O camisa 3 levou o terceiro cartão amarelo e não pode enfrentar o Palmeiras, no dia 12 de outubro, em São Paulo.

O técnico Preto Casagrande analisou o desempenho do seu time durante o jogo e justificou a opção de escalar o jovem Everson na lateral direita, já que não contou com Eduardo, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. “Eder, que seria minha primeira opção, foi vetado pelo departamento médico. Everson é um zagueiro técnico, que marca bem e o coloquei também para marcar Rildo. Ele, até onde suportou, fez muito bem o papel dele e cumpriu o que lhe foi pedido”, respondeu.

Entrevista com Preto Casagrande:

Sobre a partida, Preto lamentou não ter conquistado os três pontos dentro de casa. “O Bahia jogou de igual para igual. Nós tivemos um início lento, mas depois equilibramos o jogo e encontramos, sim, dificuldades para agredir o Coritiba. Mas, como já tinha visto contra o Palmeiras, eles marcaram forte, ainda assim, criamos os melhores lances do jogo. Rodrigão exigiu uma defesa espetacular de Wilson e teve o chute de Mendoza na trave”, complementou.


Bahia 1 X 1 Coritiba – 26ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
Árbitro: Péricles Bassols Cortez (PE)
Assistentes: Clóvis Amaral da Silva (PE) e Cleberson do Nascimento Leite (PE)
Assistentes adicionais: Gilberto Rodrigues Castro Júnior (PE) e Deborah Cecilia Correia (PE)
Cartão amarelo: Juninho, Tiago, Edson (Bahia) / Léo, Jonas, Thiago Carleto, Cléber Reis (Coritiba)
Gol: Zé Rafael (Bahia) / Rildo (Coritiba)
Bahia: Jean; Everson (Matheus Sales), Tiago, Tiago Martins e Juninho Capixaba; Edson, Juninho e Vinícius (Régis); Zé Rafael, Mendoza (Edigar Junio) e Rodrigão. Técnico: Preto Casagrande.
Coritiba: Wilson; Léo, Werley, Cléber Reis e Thiago Carleto; Alan Santos, Jonas (Filigrana), Matheus Galdezani e Tiago Real (Anderson); Rildo e Henrique Almeida (Keirrison). Técnico: Marcelo Oliveira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad