Bahia vence o Sergipe e avança na Copa do Brasil | Com vídeo e áudio - O BahiaNaRede

Post Top Ad

Post Top Ad

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Bahia vence o Sergipe e avança na Copa do Brasil | Com vídeo e áudio

Com gols de Régis e Diego Rosa, o Bahia derrotou o Sergipe por 2 a 0, na noite desta quinta (16), no Estádio Lourival Batista, em Aracaju, e avançou para segunda fase da Copa do Brasil.
Diego Rosa aproveitou o rebote e mandou para o fundo da rede.
Da redação com informações do ECB
Colaboração de foto: Felipe Oliveira/ECB

O adversário do Bahia na fase seguinte será o Paraná, com jogo inicialmente marcado para o dia 25 (sábado de carnaval), às 16h30, no Estádio Durival de Britto. Mas antes, o Bahia enfrenta a Juazeirense no Estádio Roberto Santos, em Pituaçu, no domingo (19), às 16 horas pela quarta rodada do Campeonato Baiano.

No primeiro tempo, diante das dificuldades encontradas, o Bahia não teve muitas oportunidades. A primeira delas, aos 9 minutos, começou através de Zé Rafael. Ele fez bonita jogada e serviu Diego Rosa, que entrou na área e finalizou para fora. Já o time da casa dava trabalho à defesa do que se desdobrou para segurar a pressão.

Sergipe 0x2 Bahia - Copa do Brasil 2017 por Felipe Oliveira

Aos 20 minutos, Wallace Pernambucano cabeceou no alto e o goleiro Jean fez uma linda defesa. Aos 27 minutos, o lateral Armero cruzou para área e achou Diego Rosa. Ele ajeitou de cabeça para o meio da área, onde estava o meia Régis. O camisa 20 bateu de primeira e mandou para fora.

Segundo tempo

Régis dominou e bateu forte marcando o primeiro gol.
OS 45 minutos finais foram bem diferentes, principalmente para o Bahia que voltou jogando bem melhor. Aos 9 minutos, o volante Renê Júnior iniciou o contra-ataque e tabelou com Hernane. O camisa 23 devolveu passe para o centroavante, que levantou a perna e deixou a bola passar. Régis dominou e bateu forte marcando o primeiro gol.

Entre os 12 e 14 minutos, ambos de fora da área, os volantes Edson e Renê Júnior experimentaram e mandaram pela linha de fundo. Hernane tentou ampliar o placar, aos 21 minutos. Primeiro, de perna esquerda, finalizou da entrada da área e parou nas mãos do goleiro do Sergipe. Na sequência, após cobrança de escanteio, a defesa da casa não cortou e Hernane aproveitou o erro e finalizou para uma boa defesa do goleiro Ferreira .

Diego Rosa já marcou 3 gols no ano.
O segundo gol saiu aos 23 minutos. Hernane aproveitou o cruzamento de Régis, pela direita, e finalizou no goleiro do Sergipe. Diego Rosa aproveitou o rebote e mandou para o fundo da rede. Autor do segundo gol, o meia-atacante Diego Rosa comemorou o resultado positivo fora de casa. “Estávamos realizando bons jogos, mas sem conquistar os resultados. Desta vez, graças a Deus, deu tudo certo e conseguimos vencer”, afirmou.

Diego Rosa, autor de 3 gols no ano, dois deles pelo Campeonato Baiano, falou sobre o momento do time e revelou ainda não estar 100% fisicamente. Um dos motivos, segundo ele, foi ter passado um ano longe do futebol brasileiro. “Eu estou melhorando a cada jogo, e ainda buscando meu melhor futebol. Estou voltando a ter ritmo de jogo, me readaptando ao futebol brasileiro, e espero crescer o mais rápido possível”, concluiu.

No final da partida, aos 47 minutos, o volante Renê Júnior recuperou a bola e serviu Hernane, que foi derrubado pelo goleiro Ferreira, sofrendo um pênalti. O camisa 9 cobrou o pênalti e o goleiro foi no canto certo, fazendo a defesa.

Coletiva Guto Ferreira:
Guto ficou satisfeito com o triunfo.

Principalmente pela postura do time nos quarenta e cinco minutos finais. Guto Ferreira, inicialmente, reconheceu que o time não fez um bom primeiro tempo.
“Não foi uma grande partida, mas um triunfo muito importante. No primeiro tempo, o time estava com uma saída de bola lenta, abrindo espaços e correndo atrás deles. Encontramos muitas dificuldades”, disse.

Mas, o segundo tempo apresentou um Bahia bem diferente, rápido e criativo, além de ter mais eficiência no sistema defensivo. O treinador elogiou a reação do grupo. “O grupo foi humilde e teve espírito de, após reconhecer o início ruim, crescer no jogo. O Bahia, independente do adversário, precisa se impor como no segundo tempo. O time diminuiu os espaços, fez o gol e tomou conta da partida”, destacou.


Sergipe 0 X 2 Bahia - 1ª fase da Copa do Brasil
Árbitro: Grazianne Maciel Rocha (RJ)
Assistentes: Silbert Faria Sisquim e Diogo Carvalho Silva (RJ)
Cartões amarelos: Vicente, Cajano, Ferreira (Sergipe) / Tiago, Renê Júnior, Jean (Bahia)
Cartões vermelhos:
Gols: Régis, Diego Rosa (Bahia).
Sergipe: Ferreira; Sorriso (Davi Ceará), Jonas, Carlos Alexandre e Vicente; Gil Baiano (Fabiano Tanque), Welton Heleno, Wallace Pernambucano e Davi Ceará; Gabriel Cajano (Quirino) e Hiago. Técnico: Betinho.
Bahia: Jean; Eduardo, Tiago, Jackson e Armero; Edson, Renê Júnior e Régis (Juninho); Zé Rafael (Mário), Diego Rosa (Kaynan) e Hernane. Técnico: Guto Ferreira.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad