Bahia se reapresenta e só pensa no Santa Cruz - O BahiaNaRede

Post Top Ad

Post Top Ad

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Bahia se reapresenta e só pensa no Santa Cruz

Na tarde desta segunda (2), os jogadores do Bahia deixara para trás derrota por 1 a 0 para o Botafogo e iniciam a preparação para outro jogo decisivo pela Série B, Sábado (7), às 16h30, contra o Santa Cruz, na Arena Fonte Nova.

Da redação com informações do ECB
Foto: ECB

A equipe terá, exatamente, uma semana para se preparar para a partida contra o Tricolor Pernambucano que ocupa a sexta colocação, com 52 pontos, dois a menos que o Tricolor da Boa Terra, e é um dos seis times que ainda lutam por uma vaga na Série A. Além da "Cobra Coral" pernambucana ainda estão de olho na vaga o Sampaio Correia, o Paysandu, o Náutico, o Bragantino e a Luverdense.

Confira entrevista com Paulinho Dias:

No treino desta segunda, o volante Paulinho Dias reconhece que a partida contra o time pernambucano será fundamental para o futuro da equipe dentro do G4 da competição nacional. “Nós temos que pensar exclusivamente neste jogo contra o Santa Cruz. O time precisa atuar bem, com volume de jogo, e sempre estar próximo do triunfo durante a partida. O resultado será importante para nos manter no G4 e ao mesmo tempo próximos do acesso”, afirmou.

Ainda sobre o revés no Rio de Janeiro, na última rodada, Paulinho Dias garante que o grupo vai conversar e tentar corrigir os erros cometidos, principalmente na parte defensiva. “Eu vejo que o gol do Botafogo saiu através de um lance de criatividade deles. Nós temos que corrigir os erros internamento, com muita concentração e honestidade um com o outro. Não podemos repetir a mesma coisa na próxima partida”, comentou.

O elenco do Bahia terá seis treinamentos no decorrer da semana até o jogo contra o Santa Cruz.

Charles comenta atuação do Bahia no Engenhão

Após a partida contra o Botafogo, O treinador Charles Fabian analisou o desempenho da equipe Tricolor no Engenhão. Para o comandante, o time não se apresentou bem nos primeiros 45 minutos. Por outro lado, na segunda etapa, Charles acredita que o Bahia teve maior posse de bola e levou o gol em um momento injusto.

Confira a entrevista com Charles Fabian:

“Idealizamos uma coisa para o primeiro tempo e aconteceu outra. Iniciamos o jogo abaixo daquilo que poderíamos render, mas na parte final houve um equilíbrio. Voltamos melhor para o segundo tempo, com mais posse de bola, e levamos o gol no momento que estávamos crescendo”, lamentou.

O técnico Charles Fabian também não deixou de comentar o lance polêmico que aconteceu na etapa inicial. Roger, após cobrança de escanteio, cabeceou em direção ao gol e a bola pegou no braço esquerdo de William Arão. “Ele (árbitro) nem escanteio deu. O adversário levantou a mão, fez o pênalti e ele não deu. Árbitro ignorou o lance”, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad