Bahia vence Vitória por 2 a 1 na 1ª final do Baiano | Com vídeo - O BahiaNaRede

Post Top Ad

Post Top Ad

domingo, 1 de abril de 2018

Bahia vence Vitória por 2 a 1 na 1ª final do Baiano | Com vídeo

O Bahia fez a alegria de sua torcida no jogo de ida da final do Campeonato Baiano 2018, ao vencer o Vitória por 2 a 1, na tarde deste domingo (1), na Fonte Nova.

Com um bom passe de Vinícius, Edigar Junio marcou o primeiro gol do jogo.
Da redação com informações do ECB
Colaboração de foto: Felipe Oliveira/ECB

Os gols da partida foram marcados por Edigar Junio e Vinícius, de pênalti, descontado por Luan, para o Vitória. Com o resultado, o Bahia joga agora por um empate na grande decisão, que acontece no domingo (8), às 16 horas, no Estádio Manoel Barradas, em jogo com torcida única para o Vitória. O Bahia, que agora tem três triunfos seguidos sobre o rival, não perde a sete clássicos.

Bahia x Vitória - Baianão 2018 por Marcelo Malaquias

A etapa inicial do BaVi foi bastante truncada, mas cheia de emoção. Os dois times atuaram com a marcação avançada na maior parte do tempo, o que gerou pouco toque de bola e muitos lances nascidos por falhas defensivas. O Vitória teve a primeira grande chance, aos 7, numa cabeçada de Fillipe Souto, no alto, salva por uma ótima defesa de Douglas.

Edigar Junio chutou firme no canto, abrindo o placar. 
A reação do Bahia veio aos 24, e foi fatal. Vinícius tabelou com Zé Rafael e deu ótima assistência entre os zagueiros para Edigar Junio, que cara a cara com o goleiro chutou firme, no canto, abrindo o placar. O gol não fez diminuir a temperatura da partida, que teve outros dois lances agudos antes do fim do 1º tempo.

Primeiro, Douglas saiu da área e ‘no abafa’ fez ótima defesa em chute de Neílton, recebendo amarelo por ter tocado a bola com o braço fora da área. Já o Bahia quase marcou com Zé Rafael, que dentro da pequena área chutou para fora após uma espetacular jogada individual do garoto Marco Antônio, pela esquerda.

Segundo tempo

Se o 1º tempo foi truncado e houve cautela de parte a parte, a etapa final teve um jogo aberto desde seu início. O Bahia ampliou sua vontade em mais uma boa jogada com participação de Marco Antônio e Vinícius. No lance, a jovem revelação deixou o meia livre na área e ele acabou derrubado por Fernando Miguel. Pênalti para o Tricolor, com mais um gol de Vinícius na temporada, aos 8 minutos.

Luan marcou o gol do Vitória. Foto Maurícia da Matta/ECV
A Fonte Nova ‘cresceu’ com o gol do Bahia, mas num bom lance de Neílton e Juninho, o Vitória reduziu a vantagem com um chute de Luan, no ângulo, sem chances para Douglas defender, aos 13.

Por alguns minutos, a partida esfriou, mas logo o Bahia voltou a dominar as ações e a acuar o Vitória em seu campo de defesa. Aos 23, com Vinícius chutando perto da trave, e aos 29, com Léo obrigando Fernando Miguel a a fazer grande defesa, o Tricolor esteve perto de ampliar.

Régis entrou no lugar de Vinícius e incendiou ainda mais o jogo. A equipe criou ainda duas grandes chances de marcar, numa falta de Zé Rafael e num cruzamento rasteiro de João Pedro, que o goleiro espalmou e Tiago, por pouco, não marcou no rebote.

No fim, a torcida vibrou com o triunfo e aplaudiu o desempenho do time na Fonte Nova.


Bahia 2x1 Vitória - 1ª final do Campeonato Baiano
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (FIFA-SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Van Gasse (ambos FIFA-SP).
Cartão amarelo: Tiago, Douglas, Lucas Fonseca (Bahia) / Walisson Maia (Vitória).
Gols: Edigar Junio, Vinícius (Bahia) / Luan (Vitória);
Bahia: Douglas; João Pedro, Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Elton (Nílton), Gregore; Marco Antônio (Allione), Vinícius (Régis) e Zé Rafael; Edigar Junio. Técnico: Guto Ferreira.
Vitória: Fernando Miguel; Lucas, Ramon, Walisson Maia e Pedro Botelho; Uillian Correia, Juninho (Guilherme Costa), Fillipe Soutto e Nickson (Alex Baumjohann); Neílton e Jonatas Belusso. Técnico: Anderson Batatais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad