Para o Bahia, acabou o sonho da Série A em 2015 - O BahiaNaRede

Post Top Ad

Post Top Ad

domingo, 15 de novembro de 2015

Para o Bahia, acabou o sonho da Série A em 2015

Bahia perde por 3x0 e disputará a Série B em 2016. O Bahia foi derrotado pelo já rebaixado Boa Esporte, por 3x0, neste sábado (14) e está fora da briga pelo acesso para a série A.


Colaboração de texto: Matheus Caldas/Bahia Notícias
Fotos: Reprodução

Com a derrota no Estádio Melão, pela 36ª rodada, em Varginha, o Bahia não tem mais chances matemáticas de subir para a 1ª divisão. A equipe adversária ainda não havia vencido no 2º turno. Com o resultado, o Bahia ocupa agora a 9ª colocação na competição. O time mineiro está no 19º lugar na tabela.

Pela 37ª rodada, o Tricolor de Aço enfrentará o Náutico, no Arruda, em Recife, às 16:30 (horário da Bahia). O Boa enfrentará o Macaé, no Rio de Janeiro, no mesmo horário.

A partida começou com as duas equipes se estudando bastante. No primeiro minuto do jogo, Thaciano arriscou chute para o Boa, mas isolou. Aos 4 min, em chegada forte, Yuri toma cartão amarelo por falta feita no meio-campo. O volante tricolor não estava pendurado.

Aos 9 minutos, em jogada individual, Clébson deu uma finta em Railan, tentou a finalização, mas chutou nem cima da defesa tricolor. O Bahia tinha dificuldades para trabalhar a bola. Aos 11 minutos, Gabriel Valongo tentou lançamento para Kieza, mas a bola correu demais. Aos 12 minutos, o zagueiro tentou novo passe longo, dessa vez para Thiago Real. Novamente a bola foi muito forte.

Aos 16 minutos, em nova jogada de Clébson, o Boa chegou. Em lançamento do meia, o atacante do time mineiro não pegou bem na bola. Enquanto isso, o Bahia continuava abusando dos lançamentos longos.

Em nova jogada de Clébson, o Boa chega ao gol. Aos 19 minutos, na cobrança de falta do camisa 10, houve um bate-rebate na área. A bola sobrou para Moacir, que venceu o duelo contra Douglas Pires. Boa 1x0. Moacir marcou seu terceiro gol na Série B.

Aos 20 minutos, em bonita jogada, o camisa 10 chuta de fora da área, mas manda para fora. Em resposta, Thiago Real toca para Yuri que chuta perto do gol. Foi a primeira finalização do esquadrão.

Aos 34 minutos, diante da inércia da equipe, Charles mexe. Tirou o volante  amarelado Yuri, e pôs Alexsandro em seu lugar, aos 36 minutos, Roger cometeu falta e levou cartão amarelo. O jogador tentou reclamar com o bandeirinha, mas não adiantou.

Aos 44 minutos, em boa jogada do armador tricolor, o passe chega para Kieza que tenta escorar para Roger. A bola passou pela frente do camisa 39 que não conseguiu a definição. No minuto seguinte, Kieza fez jogada individual pelo lado esquerdo e chutou por cima do gol de Douglas. Aos 47 minutos, Roger girou e passou por Raphael Silva. Na finalização, o centroavante chutou do lado esquerdo do gol.

Aos 48 minutos, o zagueiro mandou uma bomba e exigiu boa defesa do goleiro Douglas. Diferente da final do campeonato baiano de 2012, o ex-goleiro do Vitória não deu alegria à torcida tricolor. O Bahia já melhorava na partida. No entanto, no intervalo, os jogadores não quiseram dar entrevista.

Segundo tempo

A etapa complementar começou com o Boa segurando a vantagem. Aos 9 minutos, Kieza tenta jogada individual, passa por 2 jogadores, mas o zagueiro Raphael Silva desarmou o atacante do Bahia.

Aos 11 minutos, o camisa 10 do time de Varginha entra em cena. Recebeu a bola de Thaciano, mas chutou duas vezes em cima da zaga. Aos 12 minutos o tricolor de aço já estava pilhado. Thiago Real pegou a bola das mãos do gandula, que fazia cera.

Em contra-ataque rápido comandado por Clébson, aos 13 minutos, Bruno Felipe avança pelo lado esquerdo. A defesa do Bahia, mal postada, deixou Thaciano totalmente livre para marcar seu gol. 2x0 para o time de Minas..

Logo na saída de bola, Eduardo fez falta, recebeu cartão amarelo e está suspenso para o próximo jogo contra o Náutico  Em jogada de Wendel pela direita, aos 20 minutos, Douglas Pires faz a defesa. No rebote, o jogador do Boa perdeu a oportunidade de ampliar o placar. Aos 24 minutos, Clébson recebeu a bola livre e foi pra cima de Gabriel Valongo. O zagueiro derrubou o meia do Boa, e tomou amarelo.

Aos 25 minutos, Bruno Felipe cobrou falta perigosa, assustando o goleiro Douglas Pires. A bola passou pelo lado esquerdo do gol. Só aos 32 minutos o Bahia chegou. João Paulo Penha tentou de cavadinha, mas o zagueiro do Boa se recuperou, mandando a bola para escanteio.

Aos 36 minutos, Kieza chutou de bico na entrada da área, exigindo grande defesa de Douglas. Aos 38 minutos, Gabriel Valongo quase marca gol contra. Aos 44 minutos, Kieza mandou bola na trave, Após uma sequência de defesas de Douglas Pires, a bola sobrou para Wendel, que marcou o terceiro gol do time de Varginha.


Boa Esporte 3 X 0 Bahia – 36ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Árbitro: Braulio da Silva Machado (ASP-FIFA/SC),
Auxiliares: Helton Nunes (CBF-1/SC) e Thiaggo Americano Labes (CBF-2/SC).
Cartões amarelos: Yuri ,Roger ,Eduardo, Gabriel Valongo e Paulinho Dias (BAH); Léo Baiano e Mardley (BOA)
Gols: Moacir, Thaciano e Wendel (BOA).
Boa Esporte: Douglas; Wendel, Patrick, Raphael Silva e Léo Baiano; Moacir, Mardley, Leonardo Gomes e Clébson; Thaciano e Bruno Felipe (Claytinho). Técnico: Cesinha.
Bahia: Douglas Pires; Railan, Gustavo, Gabriel Valongo e Vitor; Yuri (Alexsandro), Paulinho Dias, Tiago Real (João Paulo Penha) e Eduardo; Kieza e Roger (Maxi Biancucchi). Técnico: Charles Fabian.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad